Carlos Humberto de Oliveira

Cálculo da quanti levada usualmente para uma loja dados os aumento dos produtos

1 avaliação

Uma pessoa compra semanalmente, numa mesma
loja, sempre a mesma quantidade de um produto que
custa 10,00 a unidade. Como já sabe quanto deve
gastar, leva sempre 6,00 a mais do que a quantia
necessária para comprar tal quantidade, para o caso
de eventuais despesas extras. Entretanto, um dia, ao
chegar à loja, foi informada de que o preço daquele
produto havia aumentado . Devido a esse reajuste,
concluiu que o dinheiro levado era a quantia exata para
comprar duas unidades a menos em relação à quantidade
habitualmente comprada.
A quantia que essa pessoa levava semanalmente para
fazer a compra era:
A) 166,00.
B) 156,00.
C) 84,00.
D) 46,00.
E) 24,00.

Cálculo do número representado pelo sistema inca

3 avaliações

Os incas desenvolveram uma maneira de registrar
quantidades e representar números utilizando um sistema
de numeração decimal posicional: um conjunto de cordas
com nós denominado 'quipus'. O 'quipus' era feito de uma
corda matriz, ou principal (mais grossa que as demais),
na qual eram perduradas outras cordas, mais finas, de
diferentes tamanhos e cores (cordas pendentes). De acordo
com a sua posição, os nós significavam unidades, dezenas,
centenas e milhares. Na Figura do Enunciado - 1, o 'quipus' representa o
número decimal 2453. Para representar o ''zero'' em qualquer
posição, não se coloca nenhum nó.
O número da representação do' quipus' da Figura do Enunciado - 2, em
base decimal, é:
A) 364.
B) 463.
C) 3064.
D) 3640.
E) 4603.

Cálculo da hora de saída de uma cidade dados o tempo de voo e a diferença entre os fusos horários

2 avaliações

Um executivo sempre viaja entre as cidades A e B, que
estão localizadas em fusos horários distintos. O tempo de
duração da viagem de avião entre as duas cidades é de
6 horas. Ele sempre pega um voo que sai de A às 15h e
chega à cidade B às 18h (respectivos horários locais).
Certo dia, ao chegar à cidade B, soube que precisava
estar de volta à cidade A, no máximo, até as 13h do dia
seguinte (horário local de A).
A) 6h.
B) 10h.
C) 7h.
D) 4h.
E) 1h.
Para que o executivo chegue à cidade A no horário correto
e admitindo que não haja atrasos, ele deve pegar um voo
saindo da cidade B, em horário local de B, no máximo à(s):

Cálculo do seno da diferença entre os dois ângulos de um triângulo

1 avaliação

Um triângulo retângulo tem perímetro igual a em que é o comprimento da hipotenusa. Se e são seus ângulos agudos, com , então é igual a:
a) .
b) .
c) .
d) .
e) .

Verificação de propriedades de números complexos

1 avaliação

Considere as afirmações a seguir:
I) Se e são números complexos tais que e , então .
II) A soma de todos os números complexos que satisfazem é igual a zero.
III) Se , então .
É (são) verdadeira(s):
a) apenas I.
b) apenas I e II.
c) apenas I e III.
d) apenas II e III.
e) I, II e III.

Cálculo da área de um triângulo construído a partir de uma circunferência

1 avaliação

Sejam uma circunferência de raio e uma corda em de comprimento . As tangentes a em e em interceptam-se no ponto exterior a . Então, a área do triângulo , em , é igual a:
a) .
b) .
c) .
d) .
e) .

Verificação de propriedades de um polinômio de coeficientes imaginários

1 avaliação

Considere o polinômio com coeficientes complexos definido por:

Podemos afirmar que:
a) nenhuma das raízes de é real.
b) não existem raízes de que sejam complexas conjugadas.
c) a soma dos módulos de todas as raízes de é igual a .
d) o produto dos módulos de todas as raízes de é igual a .
e) o módulo de uma das raízes de é igual a .

Cálculo da quantidade de formas de se pintar um cubo

13 avaliações

Pintam-se N cubos iguais utilizando-se 6 cores diferentes, uma para cada face. Considerando que cada cubo pode ser perfeitamente distinguido dos demais, o maior valor possível de N é igual a:
a) 10.
b) 15.
c) 20.
d) 25.
e) 30.

Cálculo do cosseno do ângulo de um triângulo

1 avaliação

Seja um triângulo equilátero e suponha que e são pontos pertencentes ao lado tais que . Sendo a medida, em radianos, do ângulo , então o valor de é:
a) .
b) .
c) .
d) .
e) .

Cálculo do valor de um segmento cujos extremos estão no lado de um triângulo

1 avaliação


Em um triângulo equilátero de lado , considere os pontos , e pertencentes aos lados , e , respectivamente, tais que:
a) é o ponto médio de ;
b) é o ponto médio de ;
c) é a bissetriz do ângulo .
Então, o comprimento do segmento é igual a:
a) .
b) .
c) .
d) .
e) .

próximos 10