média de 4 em
2 avaliações

Interpretação de gráfico com dados dos malefícios do cigarro

A suspeita de que haveria uma relação causal entre tabagismo e câncer de pulmão foi levantada pela primeira vez a partir de observações clínicas. Para testar essa possível associação, foram conduzidos inúmeros estudos epidemiológicos. Dentre esses, houve o estudo do número de casos de câncer em relação ao número de cigarros consumidos por dia, cujos resultados são mostrados na Figura do Enunciado.
De acordo com as informações da Figura do Enunciado:
A) O consumo diário de cigarros e o número de casos de
câncer de pulmão são grandezas inversamente
proporcionais.
B) O consumo diário de cigarros e o número de casos de
câncer de pulmão são grandezas que não se relacionam.
C) O consumo diário de cigarros e o número de casos de
câncer de pulmão são grandezas diretamente proporcionais.
D) Uma pessoa não fumante certamente nunca será
diagnosticada com câncer de pulmão.
E) O consumo diário de cigarros e o número de casos de
câncer de pulmão são grandezas que estão relacionadas, mas
sem proporcionalidade.

Figura do Enunciado
1

Vamos analisar cada alternativa e assim por exclusão chegar à correta:

2

Para que o consumo diário de cigarros fosse inversamente proporcional ao número de casos de câncer pulmonar, deveríamos observar que ao aumentar-se o número de cigarros diários, o número de casos de câncer pulmonar diminuiria na mesma proporção, o que não ocorre observando o gráfico. Portanto esta alternativa é falsa.

3

Pelo gráfico observamos que nos intervalos de 1 a 14 cigarros diários o número de casos de câncer pulmonar se mantém constante próximo a 20. O mesmo ocorre no intervalo de 15 a 24 cigarros diários, onde o número de casos se mantém constante em torno de 52. Assim, não há uma proporção entre as grandezas, mas existe uma relação, pois com o consumo maior do número de cigarros diários, maior é a incidência de câncer de pulmão. A alternativa é falsa.

4

Para que as grandezas fossem diretamente proporcionais, o número de cigarros consumidos diariamente e o número de casos de câncer de pulmão deveriam crescer na mesma proporção, o que não ocorre, conformevisto no gráfico. A alternativa é falsa.

5

Conforme o gráfico, a pessoa que consome 0 cigarros diariamente tem alguma chance de ter câncer de pulmão. A alternativa é falsa.

6

A alternativa está correta, pois ao se aumentar o consumo de cigarros de 1 a 14 para 15 a 25, há um aumento na incidência no número de casos de câncer de pulmão, logo elas são grandezas que se relacionam.

7

A reposta é a letra E.

enviado por Carlos Humberto de Oliveira em

quanto isto lhe ajudou ?