média de 3 em
2 avaliações

Comparação da intensidade da força de atração gravitacional entre órbitas de satélites


A Lei da Gravitação Universal, de Isaac Newton, estabelece a intensidade da força de atração entre duas massas. Ela é representada pela expressão:

onde e correspondem às massas dos corpos, à distância entre eles, à constante universal da gravitação e F à força que um corpo exerce sobre o outro.
O esquema da figura acima representa as trajetórias circulares de cinco satélites, de mesma massa, orbitando a Terra.
Quais dos gráficos tempo x força é verdadeiro ?

Terra e seus satélites
figura A
gráficos de força x tempo
multipla escolha
1

Bom, esta questão depende de pouco cálculo, embora possamos resolve-la sem nenhum cálculo que justifique. Nessa resolução iremos nos basear apenas em conceitos e eliminar as alternativas erradas.

2

Deduz-se do enunciado que a massa dos satélites são iguais massa ou de diferenças desprezíveis, e a massa de Terra obviamente não se altera, então e são sempre os mesmos valores, é uma constante da fórmula, e também não se altera, sobrando apenas os raios das órbitas, que são diferentes e que na formula são representados por .

ou seja , dependemos apenas do raio das orbitas () para entender o gráfico de força gravitacional.

3

As alternativas C, E e D obviamente estão erradas, pois numa órbita circular a distância entre os corpos da Terra e dos respectivos satélites não se altera com o tempo.

4

Pela formula a que chegamos , vemos que quanto maior a distância da terra, menor será F, pois K que é a nossa constante(válida para todos os exemplos) será dividida por

5

A resposta é a opção

enviado por Luiz Zamboni em

quanto isto lhe ajudou ?