Dilatação Térmica – Problema Básico

Carlos Humberto de Oliveira

Formado em Matemática pela UFRJ.


Um tubo de ensaio, que inicialmente apresenta um volume interno de , experimenta um acréscimo de temperatura da ordem de . Considerando o coeficiente de dilatação volumétrica médio do vidro , calcule o volume interno final do tubo de ensaio.

Resolução


1) Fazendo a conversão.

Uma variação de na escala Celsius equivale a uma variação de na escala Fahrenheit
()

2) Continuando.

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Uma variação de equivale a uma variação de nas respectivas escalas.

3) Aplicando a fórmula e encontrando .

  • 1
  • 2
  • 3

O volume interno do tubo de ensaio aumentou de .

4) Encontrando V.

O tubo possui um volume interno final igual a .